domingo, 4 de dezembro de 2011

De Mais Ninguém

De Mais Ninguém
por: Marisa Monte

Se ela me deixou a dor,
É minha só, não é de mais ninguém
Aos outros eu devolvo a dó
Eu tenho a minha dor
Se ela preferiu ficar sozinha,
Ou já tem um outro bem
Se ela me deixou, A dor é minha,
A dor é de quem tem...

É meu troféu, é o que restou
É o que me aquece sem me dar calor
Se eu não tenho o meu amor,
Eu tenho a minha dor
A sala, o quarto,
A casa está vazia,
A cozinha, o corredor.
Se nos meus braços,
Ela não se aninha,
A dor é minha, a dor.

Se ela me deixou a dor,
É minha só, não é de mais ninguém
Aos outros eu devolvo a dó
Eu tenho a minha dor
Se ela preferiu ficar sozinha,
Ou já tem um outro bem
Se ela me deixou,
A dor é minha,
A dor é de quem tem.

É o meu lençol, é o cobertor
É o que me aquece sem me dar calor
Se eu não tenho o meu amor,
Eu tenho a minha dor
A sala, o quarto,
A casa está vazia,
A cozinha, o corredor.
Se nos meus braços,
Ela não se aninha,
A dor é minha, a dor.


Interpretação
por: Danilo Henrique

De Mais Ninguém, é muito mais poesia que própria musica. Marisa, na maioria das musicas consegue fazer um poema com melodia, que na minha opinião, é muito mais difícil que simplesmente fazer uma musica propriamente dita; onde ela faz que em torno do poema exista uma historia, um conto. 

Normalmente um poema traz uma bagagem de quem o fez, que você por sua vez, absorve como próprio o sentimento alheio que ela quer proporcionar. Poemas assim, são na minha opinião difíceis de não serem apreciados.

É triste como na maioria, mas ainda muito inteligente que deixa o triste de lado, onde você que o lê acha o personagem central maduro a ponto de acreditar que ele ainda esteja melhor do que quem o deixou assim.

Por que no final das contas, a pessoa para sentir dor, como ela descreve no poema, é por que ela tem uma afeição muito forte por esta pessoa, onde deixa claro que foi deixada, e a felicidade da outra pessoa é muito mais importante, deixando ela escolher se prefere ficar sozinha, ou encontrar um outro bem, transparecendo no trecho, "Se ela preferiu ficar sozinha, ou já tem um outro bem, A dor é minha, A dor é de quem tem". 

Ela ainda deixa a solidão evidente, como para a maioria dos poetas é a inspiração que mais proporciona belos textos como "De Mais Ninguém".

Segue o link da Musica para quem queira ouvir.

16 comentários:

simone martins disse...

Boa noite Danilo, obrigada pela visita em meu blog., quanto ao teu texto, os poetas nao gostam de dizer que antes da musica, a letra é uma poesia, mas discordo, penso que toda letra de musica é sim poesia...Adoro a solidão, pois nossos pensamentos divagam e devaneiam muito melhor. Não sou de fazer criticas, mas seu texto ficou muito bom, porem, deixe seu coração falar, entre nas entrelinhas das palvras espalhadas na poesia, tente sentir o que realmente vai pelos pensamentos do poeta, compositor, tente sentir a melodia invadindo tua alma, tente sentir empatia com a musica...É sempre muito bom vijar nas palavras, é magico! Solte-se e escreva sem medo de quem irá ler...Gostei daqui e vou ficar, estou te seguindo...abraços

Belli disse...

Boa tarde Dani. Bom, pelo que vi, embora seu blog seja novo, esta tudo muito bem definido por aqui. Eu tive blog a alguns anos atrás, um pouco antes da febre do orkut surgir. Enfim... parece-me que não precisa de muita ajuda não, pois seu blog esta uma graça. Beijos e Doce Tarde.

blog. da Tereza Maria disse...

Olá
Obrigada por sua visita ao meu blog.
Venho retribuir sua visita e deixar-lhe um abraço poético.
Gostei bastante de seu post...Sensel e romântico.
Já estou a segui-lo.
Volte sempre, serás sempre bem vindo
Beijo na alma
Saudações Poéticas!

ANGEL disse...

Meu lindo, obrigada pela visita e também pelo carinhoso comentário. Gostaria que me seguisse por lá, pois adorei o seu blog! Maravilhosa música e linda interpretação...Amei!

José María Souza Costa disse...

Danilo, voce não convidou-me. Mas, vim aqui. Um blogue agradavel, amavel para lê-se. Marisa Monte, é dessas coisas raras, que surgem no cenário Musical, a cada não sei quanto tempo.
belissimo, o seu espaço. Eu também tenho um blogue. Bem mais simplório que o seu. Uma página meio que amassada, e enrrolada em escrevinhamento. Estou lhe convidando a passar lá, e se possive seguiremos juntos por eles. Estarei muito, grato lhe esperando por lá
felicidades, sempre y sempre

Luna Sanchez disse...

Falar em coisas simples de forma elaborada é uma arte, claro, mas falar em coisas simples de forma simples e ainda assim fazer com que seja belo, é ainda mais encantador.

Gostei muito do post, Danilo.

Um beijo, bem-vindo ao meu blog.

Vivian disse...

Olá,Danilo!!

Esta música é perfeita, linda e inteligênte como todas as da Marisa Monte!Sua interpretação ficou ótima!Parabéns!
Obrigada pela visita!
Seja Bem-Vindo!
beijs!

Samara de Oliveira disse...

Olá, Danilo... obrigada pela visita ao meu blog... adorei o seu...

estou seguindo...

Kika disse...

Gostei do seu blog.

Seguindo-o

http://euseular.blogspot.com/

Kika disse...

O vi em algum blog em comum que não me recordo no momento.

>.<

Rafah Jenuino|Publishing Group. disse...

Olá!
Gostei muito do teu espaço, e estou segundo – te!

“ Pois o que realmente importa é a observação, sem ela o olhar perde a graça...”

Um abraço, Rafah – Blog Eternus!
http://eternizadoempalavras.blogspot.com/

Elisa Cunha disse...

É algo como: Preciso de algo pra chamar de meu, e se ela se foi... bem, resta-me a dor. Na voz de Marisa tudo se torna apenas mais belo do que já era.

Marílis A. dos Santos disse...

Oiii caro guerreiro! Não havia mais aberto meu blog nos ultimos dia, vi agora seu pedido, mas acho que nessas alturas você já deve ter desistido dele... Mas gostei do seu blog, do seu perfil e de suas palavras! Vou te seguir ;D

blog. da Tereza Maria disse...

Oi lindo!
Passando para desejar um NATAL de luz e muita inspiração.
Um abraço poético!
Lhe espero sempre
Saudações Poéticas!

ÁrVoRe de OUToNo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ariadne disse...

Oi, Danilo, passando para conhecer seu blog e gostando muito! Adoro as canções da Marisa e adorei seu comentário sobre a letra! Você tem razão, é uma belíssima inspiração! Parabéns pelo blog! Apareça sempre! Beijos!

Postar um comentário

coloque seus pensamentos para fora... comente!

Receba Atualizações

 
;